5562984609787

 
OS HERÓIS TAMBÉM CHORAM

Óbvio que aprendi isso cedo, ou talvez não, mas descobri que a vida tem um milhão de problemas.
Ah, aquele tempo quando minha preocupação era acordar bem cedinho e ouvir: “Aceita uma xícara de café? Mas não será muito incômodo?”.

Nunca pensei que a vida tivesse problemas. Tudo era sorriso, e o maior problema sempre era o joelho ralado. Até que aprendi uma sutil lição: quando eu crescesse, os arranhões seriam do lado de dentro. E como doeu saber que um coração forte e aventureiro um dia se revelaria tão frágil. E ainda que tenha sido partido em tantos pedaços, a vida nunca esperou o conserto ficar pronto. Tive que aprender a me reconstruir em movimento, na intensidade de um mundo que não para por minha causa.

E Deus, como sempre protagonista na história da vida, sempre entra em cena. Confesso que muitas vezes passei noites tentando ouvir Sua voz e a resposta foi o silêncio. Mas Ele sempre esteve ali, ao meu lado. E então eu comecei a aceitar as derrotas de cabeça erguida, com a grandeza de um adulto e a serenidade de uma criança.

Conheci o mundo ao meu redor e notei que ambientes tinham grandes influências sobre os seres humanos, mas aprendi um segredo: eu era responsável por mim mesmo, tinha escolhas a fazer. Me aventurei em amores não correspondidos, me entristeci quando descobri que as pessoas podiam me ferir. E como feriram. Aprendi o valor do perdão. Aprendi que falar pode desatar nós e aliviar dores emocionais. Me decepcionei quando descobri que o herói também era capaz de chorar. Mas como aprendi com as lágrimas! Elas me ensinaram a construir estradas onde havia dor. E me emocionei ao descobrir que o Protagonista da cena um dia chorou.

A vida então me ensinou que era preciso pensar antes de falar ou agir. E que em uma fração de segundos eu me arrependeria pelo resto da vida por certas decisões impensadas. Fiz amigos, perdi amigos. Refiz amigos. Ganhei irmãos. Percebi que os amigos também mudam, o relógio não gira apenas para mim. Mas os verdadeiros, apesar das mudanças, da distância ou das circunstâncias, serão sempre presentes, e com eles teremos infinitos bons momentos.

Ah! Talvez a maior das dores tenha sido descobrir que as pessoas que mais amamos são tiradas muito depressa das nossas vidas. E isso me ensinou a dizer “eu te amo” com mais frequência, com mais intensidade. Talvez hoje seja o último encontro. Nunca podemos saber.

Suportei, me fortaleci, me aproximei de Deus. Fui capaz de ir muito mais longe do que pensei que podia.

Sim! Como me decepcionei quando me via como o Leonardo Di Caprio e a menina que eu gostava me chamou de narigudo. Eu comecei a entender que tinha que ser eu mesmo, enfrentar minhas fragilidades e imperfeições. Tinha que ser o melhor que eu podia ser. Me espelhei em meu Criador. Quando fiz isso, enxerguei um mundo além do espelho. Percebi que heróis eram também humanos e vice-versa. Me tornei paciente e um sonhador incontrolável. Me acostumei com a forma variada do amor humano. Percebi que eu não devo cobrar amor se eu não sou capaz de dar amor. Aliás, outra grande lição: amor nunca se cobra, amor apenas se dá. E também aprendi que algumas pessoas não sabem demonstrar amor, e isso não significa que não amam. Pelo contrário, às vezes, amam mais que os amores publicados nas páginas de jornais.

Mais uma vez eu digo: a vida me ensinou a perdoar. Perdoar os outros e a mim mesmo. Nunca me esqueço do momento em que Deus foi levado à cruz para me perdoar. Quem seria eu para não perdoar?

Em cada virada no calendário da vida, aprendi que os anos que moldavam minhas feições também me tornavam maduro. E a maturidade tornava impossível uma volta ao passado. Precisava olhar para frente. Ainda que houvesse milhões de motivos para retroceder, eu sempre me lembrava da estrada a ser construída. Plantei flores no caminho, coloquei o melhor sorriso, distribui gentilezas, encontrei o amor da minha vida. Me feri outras vezes. Mas nunca esqueci a lição que o espelho me ensinou: os heróis também choram. O meu Herói chorou. Mas a vida sempre continua bonita quando descubro a razão pela qual estou vivo. E quando percebo que o Protagonista da minha história tem sempre um capítulo novo.


Enquete
ESTÁ FAZENDO O QUE? BREVE JESUS VIRÁ! DISPERTA!
ESTOU ORANDO E FALANDO DE JESUS
ESTOU PREOCUPADO COM AS VIDAS
NÃO TENHO TEMPO
NÃO É MINHA RESPONSABILIDADE
TENHO OUTRAS COISAS PARA ME OCUPAR
Ver resultados

As mais pedidas
1
GALILEU
Fernandinho
2
DEUS É DEUS
Delino Marçal
3
MINHA ESSÊNCIA
Cassiane
4
AL FINAL
Lilly Goodman
5
ARREBATO
Nanci Amancio
6
VIÚVA SEM NADA
Daniel e Samuel
7
DIA DE SOL
Gerson Rufino
8
DEPENDENTE
Gislaine e MYlena
9
SANTIDADE AO SENHOR
Shirley Kaiser
10
EL MISMO CIELO
Marcela Gandara

Estatisticas
 
 
  © 1998-2017 donomarshopping.net - ME CNPJ 23424400/0001-20